Sinduscon-SP define aumento para trabalhador do interior

Os trabalhadores da construção civil de 51 cidades do Estado de São Paulo terão aumento salarial de 7,47%, com reajuste válido a partir de 1º de maio. Aqueles funcionários que ingressaram no emprego há menos de um ano terão reajuste proporcional, que vai de 6,85%, para contratados em junho de 2011, a 0,62%, em abril de 2012.

O acordo foi assinado nesta terça-feira pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e os sindicatos dos trabalhadores das regiões de Botucatu, Campinas, Guaratinguetá, Guarulhos, Itapevi, Jacareí, Mogi das Cruzes, Salto, Santo André e Tambaú, representando o total de 51 cidades paulistas.

O aumento dos salários em 7,47% no interior de São Paulo é o mesmo obtido por trabalhadores da capital e de municípios da região metropolitana, conforme anunciado no começo deste mês.

O custo da mão-de-obra continua pressionando as empresas do setor de construção no País. Em maio, o Índice Nacional da Construção Civil – Mercado (INCC-M) teve elevação de 1,30%. O índice foi puxado principalmente pela alta de 2,22% no custo da mão-de-obra, enquanto os preços de materiais, equipamentos e serviços subiram 0,35%. No mês, as despesas com trabalhadores tiveram as maiores altas no Rio de Janeiro (4,75%) e em São Paulo (3,97%) devido aos acordos coletivos.

Fonte: Agência Estado